27 de julho de 2008

Flor Poética


Ilustração: Tela da querida amiga Deusa Costa




Flor Poética

Envolta em meus muitos devaneios
tomada pela doce flor poética
que exala fantasia

flutuo ao sabor do seu perfume
nas asas do meu lúdico sentir
entregue à poesia

e vivo eu assim a fazer versos
de tudo o que houver pra ser sonhado

e só deponho a minha pena

até que tenha - enfim -
a última palavra suspirado


25/07/2008

Ariadna Garibaldi

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Aparência

Tela de Román de Blas Aparência O sorriso - algumas vezes - é apenas o disfarce das lágrimas que não chegam até a ...