16 de julho de 2008

Incondicionalmente




Não importa o quanto passe o tempo
não importa o acontecimento
eu te amo, meu filho!
Incondicionalmente
porque filho, é para sempre
e mãe também...

Não importa se haja paz ou guerra
ou se um cataclismo consuma a terra
eu te amo, meu filho!
Incondicionalmente
porque mãe, é para sempre
e filho também...

Não importa se haja riso ou dor
não importa se erres ou acertes
eu te amo, meu filho!
Incondicionalmente
porque amor de mãe, é para sempre
e de filho, também!

16/07/2008

Ariadna Garibaldi

3 comentários:

  1. Apucarana PR,18 de julho de 2008
    Ada,
    Amiga, fiquei encantada com a leveza da página, com a disposição da montagem e singeleza geral.
    Do conteúdo, rsrs, sem palavras. Estou fazendo o comentário neste poema que a mãe extremosa dedicou para o filho porque sei do tamanho de teu coração. Sei da luta que você teve com teus filhos. Sei porque também tenho o meu e só quem coloca gente neste mundo sabe mensurar o bater diferente do coração... O bater por um filho...
    Muito, mas muito linda a tua página, amiga. És uma pessoa com um dom muito grande...
    Parabéns ...que tua página cresça junto destas coisinhas lindas que são teus netinhos...
    Um beijo de tua amiga
    Ella

    ResponderExcluir
  2. Minha amiga...
    Concordo contigo.
    Mãe e filhos são para sempre, pois este é o verdadeiro vínculo existente no mundo.
    Família é td de bom mesmo e devemos valorizar, cada dia mais, este amor fraterno.
    Parabéns pela bela família que tens e por teres sabido criá-la.
    Bjs mt doces neste lindo coração e parabéns pelo lindo espaço que tem aqui, amiga.

    ResponderExcluir
  3. Ariadna,
    Não sei como vc chegou ao blog de desenhos do meu filho. Mas vim aqui lhe agradecer pelo comentário e esclarecer uma coisinha: o nome dele é Felipe e não Max!Sem problemas! Max é apenas o nome do blog:Max Desenhos. Obrigada e até a próxima!
    Ah, essas crianças são realmente lindas, parabéns por tudo!

    ResponderExcluir

Aparência

Tela de Román de Blas Aparência O sorriso - algumas vezes - é apenas o disfarce das lágrimas que não chegam até a ...