15 de julho de 2008

O canto dos pássaros


Ilustração: Tela de Leida Nogueira

Gritou o silêncio
e ele surdo não ouviu
os seus pensamentos ruíam
mórbidos, estranhos
até que sem sentido
esvaziou-se do medo
desvencilhou-se do corpo
bradou livre a sua voz
que não saia da garganta
mas sim da alma
onde a tristeza era tanta
irrompeu a alegria
sem estardalhaços
nem fiascos
ao som das harpas
e do canto dos pássaros

14/07/2008

Ariadna Garibaldi

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Aparência

Tela de Román de Blas Aparência O sorriso - algumas vezes - é apenas o disfarce das lágrimas que não chegam até a ...