30 de novembro de 2008

Remédio


Tela de Kristan Le

na desigualdade dos sentires
ouvem-se as vozes do medo
profanam-se os segredos
mas os acordes do tédio
emudecem nos lábios
embevecidos de amor

30/11/2008

Ariadna Garibaldi

3 comentários:

  1. Remédio forte, mas às vezes o amor também pode ser tedioso...

    ResponderExcluir
  2. Gostei de conhecer este espaço e estas palavras.

    ResponderExcluir
  3. Também eu gosto de a ler...Como não sei outro modo de o fazer, agradeço aqui o indicar-me para o Dardos.Fi-lo também no barci de flores, deste modo:

    Claro que só tenho a agradecer, Ariadna.Foi gentileza sua - como já em tempos outros o fizeram, não indicarei de novo blogues para o dardos -fi-lo quando recebi o 1º...e nunca consegui saber como colocar o símbolo no blogue. Mas também não faço questão. De novo, muito obrigada.E um abraço, claro.

    Amigos e comapnheiros de navegação: o blogue da Ariadna merece ser visitado:
    http://bordadosdemim.blogspot.com

    ResponderExcluir

Aparência

Tela de Román de Blas Aparência O sorriso - algumas vezes - é apenas o disfarce das lágrimas que não chegam até a ...