19 de junho de 2010

Perdida

 

027 (2)

Tela de Roman De Blas

as palavras fluem como gotas
no oceano em minha mente
o espelho briga comigo
eu só vejo o que ele mostra
e ele não desmente 
assim como as palavras
fluem os segundos
e logo são mil dias
estou perdida entre dois mundos
o que a realidade dita
e o que grita a minha fantasia

19/06/2010
(Ariadna Garibaldi)

2 comentários:

  1. Pois é! Vez em quando nos embrenhamos por essa fenda entre realidade e fantasia...

    Um belo poema!

    Bjs, querida, e inté!

    ResponderExcluir
  2. Oi Ju!!

    Verdade... Quem sabe qualquer hora eu seja "achada" né? rsss

    Beijos mil, muito bom vc aqui

    Ariadna

    ResponderExcluir

Aparência

Tela de Román de Blas Aparência O sorriso - algumas vezes - é apenas o disfarce das lágrimas que não chegam até a ...